quinta-feira, 9 de agosto de 2012

DICA DO DIA - Bancada de porcellanato

Um post especial para um projeto meu, desta vez!
Gostaria de dividir com vocês uma experiência que por incrível que pareça, não é comum.

BANCADA DE COZINHA EM PORCELANATO.

Vejam abaixo 3 dos poucos modelos que achei na internet.




Estamos acostumados a ver lavabos e banheiros com este tipo de bancada, com ou sem cuba do mesmo material. Mas em cozinhas, eu particularmente não tinha visto ainda...

Quem dirá com a CUBA de porcelanato! 

Confesso que fiquei muito apreensiva em fazer parte deste plano mirabolante da minha cliente, mas, era a solução para atingir todos os seus objetivos!
Ou, muitos deles. Pois eram muitos mesmo...

Dentre as variadas "exigências", tinhamos: bancada com tonalidade uniforme, impermeabilidade máxima, durabilidade, baixo custo...
Uma cuba que pudesse receber a água do escorredor de louças também era desejada...

E AGORA!?









Partindo para o princípio básico do granito nosso de cada dia... tentei adaptar os desejos a ele. Forma e função foi estudado. No entanto, os tons claros foram logo descartados por sua frágil permeabilidade e o granito preto também não agradou pois não era o desejo da cliente ter uma cozinha escura. Aquela tonalidade marrom tradicional estava quase sendo adotada. A apreensão estava grande!!

Mas, como todos sabemos, no fundo... todo granito mancha!

A hipótese de se utilizar o granito com a cuba de inox estava quase se tornando real, quando voltamos a nos agarrar no nosso objetivo. Tantos desejos e estudos de bancadas não poderiam acabar numa bancada como qualquer outra.
Sabíamos que o risco de ter mais louças quebradas com este tipo de cuba (não-de-inox) era grande, mas o desejo da cliente pela estética e função de limpeza estava acima de qualquer peça quebrada...

Assim, o granito foi descartado quando soubemos que aquele tipo de cuba inclinada não receberia garantia, devido sua dificuldade de montagem e a cola em contato direto com a água.






Partimos então para o porcelanato, já que o formato da cuba é muito utilizado nas bancadas de banheiro.


Acionamos a Portobello, que a princípio é a única especializada neste tipo de bancada em Blumenau.

Após garantia de maior durabilidade e impermeabilidade comparado ao granito, vimos que era nossa melhor opção! 
Foi escolhido a cor branca no acabamento natural, pois fora o indicado pelo fabricante com as condições de que seria o com permeabilidade praticamente nula e consequentemente manchas e arranhões, zero!



Vejam abaixo as fotos do projeto e de como ficou nossa belezura!!
(um pouco bagunçada, pois não havia combinado que iria tirar foto neste dia :/ )

Comecemos pelo início... O granito marrom!


A pedidos da cliente, foi utilizado MDF laminado de 2 cores, puxadores
tradicionais embutidos com tampinhas nas laterais.
CURIOSIDADE: estes puxadores costumam rasgar as roupas quando
abrimos uma porta ou uma gaveta. É triste demais a maldade que ele faz
com nossas roupinhas, por isso recomendo as tampinhas laterais!




A estrutura que emoldura a geladeira foi sugerida reduzida para
melhorar a circulação do ar e proporcionar mais leveza ao ambiente.


As prateleiras sobre a mesa em forma de nicho permitem a melhor utilização
dos eletros e também dá um charme. Assim como a cor na parede.


E quase no fim... PORCELANATO AI VAMOS NÓS!


A cliente desejava ter um escorredor sobre a cuba, para facilmente ter sua louça seca sem grandes
poças em cima da bancada. Foi proposto um fechamento, pois... Todo desejo é uma ordem! ;)

Reparem nas portas de correr do canto. Elas tem trilhos sobrepostos a estrutura do móvel, que permite
seu deslizamento sobre as gavetas.


e...
e.....
e.......

TCHANAM!!!



Bancada com porcelanato branco natural
MDF com laminado de cores off white e amadeirado
Puxadores embutidos de inox escovado/brilho
Tampo da mesa com mão francesa retrátil
Escorredor apoiado na bancada/cuba



Aqui dá para perceber as portinhas correndo sobre as gavetas
e a cuba tão desejada pela cliente!!


Aquela questão da moldura mais estreita ao lado da geladeira não foi seguida...
E a geladeira ainda não foi comprada! hehe
O micro vai receber sua portinha recortada ainda!


Desconsidera a sujeirinha na pia... Mas olha que linda!


Um pouco bagunçadinha e improvisada, mas ficou d+ heim!?





Para um melhor entendimento sobre porcellanato, vejam algumas dicas:



- porcellanato técnico: que é feito de uma massa porcelânica que em si já possui as características de cor e padrões (recebe a decoração e a cor na própria massa através de corantes, corantes micronizados, sais solúveis, entre outros). Eles não recebem qualquer tipo de revestimento (esmalte) e por isso são super resistentes e têm baixíssimo índice de absorção (≤ 0,1%). Esse tipo de porcellanato permite o acabamento polido e o não polido (sem brilho) e ainda podem aparecer com acabamentos anticatos e texturizados. É aquele porcelanato que não tem duas cores visto de lado.


- e porcellanato rústico/esmaltado: que recebe uma camada de esmalte sobre a massa porcelânica e por isso não tem todo o desempenho dos porcellanatos técnicos (≤ 0,5% de absorção). Por receber acabamento posterior, é mais suscetível a riscos. Mas ainda assim é super indicado para cozinhas e tem resistência mecânica maior do que cerâmicas comuns. Nesse tipo de porcellanato, você vai encontrar uma classificação de PEI (que mede a resistência para alto tráfego). 

E tem as peças retificadas, que permitem as juntas mais... juntas! Elas passam por um processo de retifica, onde suas dimensões finais são precisas com bordas bem retas. Isso permite o uso de juntas de assentamento com menor espessura, além do efeito estético melhor, também diminui o aspecto de acumulo de sujeira nos encontros.


E qual é a diferença entre o porcelanato natural, acetinado e o polido? Estes nomes estão associados ao acabamento da peça – ao seu “visual”.  Tanto o porcelanato técnico quanto o esmaltado podem apresentar as três versões. A versão natural tem o aspecto mais rústico e sem brilho, a acetinada tem semi-brilho e a polida foi feita para brilhar! E riscar... hehehe Ok! Não é pra tanto.
Quando falamos que o brilhante risca mais fácil, não quer dizer que riiiissca por qualquer coisa. Este negocinho é duro que dói!!
- fonte da informação técnica aqui & aqui




CONHEÇA MAIS ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DO PORCELANATO E DE OUTROS MATERIAIS!!

12 comentários:

  1. Beautiful pictures of Interior designs thanks for share on your blog.
    Shades Blinds

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. i'm so sorry!! i'm too late.. but, thanks veeery much!!! keep in touch ;)

      Excluir
  2. Em relação ao granito é mais barato o porcelanato? Se for, quantos porcento mais barato?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eduardo!
      Desculpe pelo retorno atrasado.

      Tudo depende do granito, do porcelanato e do conceito que você quer usar!
      No caso quando queremos uma bancada mais clean e/ou branca, só encontramos granito branco itaunas ou similares (aprox. 350,00 o m2), que não chegam a ser branco e mancham com facilidade na área molhada ou com líquidos expostos. No caso, o cliente pode partir para um silestone...corean..nanoglass.. mas são todos materiais caros, acima de 700,00 o m2.
      Neste caso, partimos para o porcelanato! Aquele de camada única, pois é mais resistente. Ele sai em torno de 100,00 o m2.
      Claro que ainda tem a mão de obra e o acabamento que também contam, mas somando tudo, uma bancada de porcelanato fica mais em conta, neste caso, quando você quer seguir uma linha...um conceito.
      Tem a linha escura... que você pode optar por um granito como o preto São Gabriel, também da linha dos Itaúnas... ou o café imperial... um pouco mais caro.
      Agora, um ponto negativo do porcelanato são as juntas/fugas/rejunte/emenda (como quiser chamar hehe). Então é sempre bom pensar na paginação que você quer. Tendo uma bancada branca, o rejunte fica mais aparente...já em uma escura, é bem mais tranquilo, pois não aparecerá tanto a sujeira.
      No granito você não tem mto problema, visto que o granito "branco" é malhado... deixando imperceptível a emenda e a sujeirinha do tempo... Por esse ponto negativo e até pela falta de conhecimento da viabilidade do porcelanato, muitas pessoas ainda optam pelo granito, mesmo o Itaúnas!

      Excluir
  3. muito lindo o seu trabalho. fiquei muito interessado em usar o porcelanato na minha cozinha. como faço para contratar um profissional de gabarito? somente a Portobello atende em Blumenau?. obrigado e, parabéns pelo Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Eu só conheço a portobello, mas pode ser que alguma marmoraria faça! Entre em contato com alguma bem indicada na sua cidade. Se for de Blumenau podemos tentar encontrar uma aqui!

      Excluir
  4. Como ficou as quinas ? Usaram algum tipo de massa para preencher e polir? Achei a ideia fantástica, mas estou preocupado, pois o porcelanato só tem acabamento c/ brilho em sua superfície e não nas bordas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As bordas são em 45 graus... sendo polidas no final e ficam bem imperceptíveis. Igual quando faz borda reta e bancada grossa de granito.

      Excluir
  5. Oi, gostaria de saber onde foi feito o corte a acabamento dos procelanatos para esta cozinha, estou em busca desse profissional mas está dificil encontrar

    Adriana

    ResponderExcluir
  6. Estou reformando minha cozinha agora, e já escolhi. Vou usar porcelanato Portinari. Me apaixonei pelo alto brilho da bancada, fica maravilhoso. Moro em Criciúma-SC.

    ResponderExcluir
  7. Olá, gostaria de saber se por baixo da cobertura de porcelanato, a estrutura é o próprio MDF ou em concreto.
    Obrigada e Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!

      O porcelanato é todo colado na empresa que vendeu o porcelanato, sem estrutura. Vc vendo por baixo, é oco...igual ao granito.

      Obrigada ;)

      Excluir